Arquivo da categoria: Ensino Médio

Estudos de Gênero na sala de aula

valente_escola_sem_machismoEm tempos de Escola sem Partido e do Estatuto da Família, e de uma reação cada vez mais articulada contra a criação de espaços de discussão a respeito de diversidade e igualdade nas escolas brasileiras, a ONU Mulheres lançou, no início de 2017, o projeto “O Valente não é Violento“,  com o objetivo de “estimular a mudança de atitudes e comportamentos dos homens, enfatizando a responsabilidade que devem assumir na eliminação da violência contra as mulheres e meninas”. Parte integral dessa iniciativa é o estímulo e o incentivo à discussão de questões relativas à violência e diversidade de gênero e étnica-racial no espaço escolar. Continuar lendo

Anúncios

Podcast “Filosofia Pop” – Entrevista Ronai Rocha, que fala sobre a Filosofia no Ensino Médio

Ronai Rocha

Ronai Rocha

Murilo Ferraz e Marcos Carvalho Lopes recebem Ronai Rocha, doutor em Filosofia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e atualmente professor associado do Departamento de Filosofia da Universidade Federal de Santa Maria para falar sobre Filosofia no Ensino Médio.

Ouça o programa no link abaixo:

http://filosofiapop.com.br/?powerpress_embed=1497-podcast&powerpress_player=mediaelement-audio

Curso online e gratuito sobre o Ensino de Filosofia

course__filosofiaufpel_courses_eftd__course-landing-still-1437663236.34É um dado que vivemos na era da informação e que a Internet é uma mera consequência desse fato social. Nesse sentido, são cada vez mais comuns os cursos massivos e onlines ou MOOC (do inglês Massive Open Online Course).

E a Universidade Federal de Pelotas (UFPEL), vem inovando nessa área. Eles estão lançando o segundo curso massivo e aberto na plataforma Openlearning, cujo tema será “O Ensino de Filosofia e a sua Transposição Didática”. Continuar lendo

Dinâmica para o ensino médio: “A Possível Fundação do Estado”

Hoje, nas minhas aulas de filosofia, para os terceiros anos do ensino médio, desenvolvi uma dinâmica que já desenvolvo há alguns anos, quando vou trabalhar com Política. Normalmente, seguindo a abordagem de Jonathan Wolff, em seu livro “Introdução à Filosofia Política“, que inicia falando da noção de “Estado de Natureza”, fiz uma dinâmica para que os meus alunos refletissem sobre o que há antes da ordem social. Ela consiste no seguinte:

  • Dividir as turmas em grupos;
  • Cada grupo deve ser uma espécie de estado pré-social;
  • Cada grupo deve criar uma lista de 3 princípios para que uma ordem social seja possível;
  • Dar uns 15 minutos, e depois pedir para que cada grupo apresente esses princípios, listando-os no quadro;
  • Depois de todos os grupos terem apresentados, e todos os princípios terem sido listados (desconsiderar princípios repetidos), pedir para os alunos pensarem em qual é o mais elementar, o mais fundamental;
  • Além disso, problematizar se alguns princípios não pressupõem a existência da sociedade (os alunos listam, que é preciso haver punição para crimes, liberdade de ir e vir, igualdade, etc., princípios que, obviamente, pressupõem a existência da sociedade). Dá para fazer uma boa discussão.

A abordagem do tema fica a critério do professor. E os princípios que os alunos vão apresentar são indefinidos. Na maioria das turmas eles falaram que era preciso eleger um líder. Nesse sentido, dá para fazer, nas devidas proporções, é claro, um gancho com a filosofia de Thomas Hobbes. Mas a ideia da atividade é apenas fazer um experimento mental e mostrar que esse tipo de reflexão foi muito desenvolvida no século XVII. Fica a dica aí.

Diálogos com a escola: experiências em formação continuada em filosofia na ufrgs

O livro é resultado do Curso de Formação Continuada em Filosofia para professores do Ensino Médio no Rio Grande do Sul, realizado entre 2012 e 2013 sob a coordenação da professora Priscilla Tesch Spinelli do Departamento de Filosofia da UFRGS. O curso é uma das parcelas do FORPROF UFRGS, que por sua vez faz parte do Plano Nacional de Formação dos Profissionais da Educação Básica do Ministério da Educação, o PARFOR.

Continuar lendo